WikiFox

Convenção do Metro



A Convenção do Metro (no original em língua francesa: Convention du Mètre; por vezes referido como Tratado do Metro) é uma convenção internacional, assinada em Paris em 20 de maio de 1875 por 17 países, com o propósito de estabelecer uma autoridade internacional no campo de metrologia e da qual resultou a adoção do metro como unidade básica de medida do comprimento. A Convenção substituiu a Comissão Internacional do Metro, que funcionava desde 1870, e criou três organizações internacionais destinadas a promover e manter os padrões métricos associados à adoção daquela unidade.

O tratado foi revisto em 1921 e em 1960, tendo nesta última revisão ocorrido a redesignação do sistema, que abandonou a designação de Sistema Métrico para adotar a de Sistema Internacional de Unidades (em francês Système international d'unités ou abreviadamente SI).

As três organizações criadas pela Convenção, nas quais delega a autoridade para actuar no domínio da metrologia assegurando uma harmonização da definição das diferentes unidades de medida, são:

  • Conferência Geral de Pesos e Medidas (Conférence générale des poids et mesures ou CGPM) – um sistema de reuniões periódicas, realizadas em Paris a cada 4 a 6 anos, com a presença de delegados de todos os Estados membros, tendo como objetivo adotar as medidas de gestão política do sistema;
  • Bureau Internacional de Pesos e Medidas (Bureau international des poids et mesures ou BIPM) – a organização que administra a Convenção, mantendo um centro internacional de metrologia em Sèvres, nos arredores de Pais, no qual estão alojados os antigos padrões internacionais de medida e no qual era feita a comparação e calibração dos protótipos utilizados pelos Estados membros;
  • Comité Internacional de Pesos e Medidas (Comité international des poids et mesures ou CIPM) – um comité administrativo composto por 18 personalidades, eleito na Conferência Geral de Pesos e Medidas, que se reúne anualmente no BIPM e é responsável pela gestão corrente do sistema e pela gestão do conjunto de comissões consultivas constituídas por peritos que elaboram as propostas a submeter à Conferência Geral.

A norma ISO 8601 define 1875, o ano em que a Convenção foi assinada, como ano de referência.


Países signatários

O tratado foi assinado por 17 países, número que cresceu para 21 em 1900, 32 em 1950, 44 em 1975, 48 em 1997 e 49 em 2001. Atualmente são 51 os países signatários[1] (com o ano de acessão em parêntesis):








Para além dos signatários, que participam ativamente na gestão da Convenção, vários países mantêm a posição de observadores:


Notas


Ligações externas





Fonte


Data da informação: 19.09.2021 06:01:47 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença do texto: CC-BY-SA-3.0. Os autores e licenças das imagens individuais e dos media podem ser encontrados na legenda ou podem ser exibidos clicando na imagem.

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Nota importante Uma vez que o conteúdo dado foi adquirido por máquina da Wikipedia na altura indicada, um exame manual foi e não é possível. Portanto, WikiFox.org não garante a exactidão e a actualidade do conteúdo. Se entretanto as informações estiverem erradas ou se estiverem presentes erros na representação, pedimos-lhe que nos contacte: email.
Veja também: Impressão & Política de Privacidade.