WikiFox

Paralogismo



Um paralogismo (do grego antigo παραλογισμός, palavra composta do prefixo παρά- pará, expressando oposição ou desvio, e λογισμός, logismós, 'raciocínio: 'falso raciocínio',[1]) é um argumento ou raciocínio falaz, ou seja, falso, embora possa ter a forma de um silogismo e a aparência de verdade. Para alguns, o paralogismo é um tipo de sofisma; para outros, não é, pois entendem que sofisma é um raciocínio que simula estar de acordo com as regras da lógica, com a finalidade de produzir a ilusão da verdade e iludir o antagonista, enquanto o paralogismo é um raciocínio falso que se estabelece involuntariamente, não de má fé, isto é, não intencionalmente produzido para enganar.[2][3]

Para Aristóteles, o paralogismo é como qualquer falso silogismo, isto é, como qualquer raciocínio errado quanto à forma, em razão da presença de um termo médio (termo comum às duas premissas) não unívoco, cujo significado é diferente em cada uma das premissas.[1][4] Assim, Aristóteles refere-se ao paralogismo como um raciocínio incorreto, apoiado em pressupostos não verdadeiros; nasce do erro, de uma "falha de definição". Não se trata, portanto, de contrafação ou deformação da racionalidade.[5][6]

Na filosofia kantiana, paralogismos trascendentais são os raciocínios errôneos aos quais a razão é induzida quando ultrapassa os limites da experiência, entrando nas contradições da dialética. Para Kant, o paralogismo consiste na transferência indevida da função transcendental para o plano da realidade empírica.[7]

Exemplo esquemático para explicar o que é um Paralogismo: Suponhamos que temos uma teoria matemática (ou outra) onde foram deduzidas um conjunto de propriedades, numa sequência como a que está no esquema. Por exemplo, sabemos que a propriedade G depende de todas as anteriores, que a propriedade F não depende de A, mas que surgiu na sequência de B, C e E:

  • O José numa aula vai demonstrar a propriedade E e encontra uma forma fácil de a demonstrar à custa da propriedade G. Aí o Bruno dirá: isso é um paralogismo.

(darei mais tarde um exemplo concreto e frequente). Jmegsalazar 21h30min de 8 de fevereiro de 2021 (UTC)


Referências

  1. a b (em italiano) Vocabolario Treccani: paralogismo
  2. Ferrater Mora, José. Dicionário de Filosofia: "paralogismo"
  3. Dicionário Houaiss: 'sofisma' e 'paralogismo'.
  4. Breve Resumo das Regras do Silogismo Aristotélico . Por Paulo Margutti.
  5. Berti, Enrico.As Razões de Aristóteles . Loyola, 1998, p. 27.
  6. Aristóteles. Tópicos. Livro I. In Aristóteles. Volume I ; seleção de textos de José Américo Motta Pessanha; tradução de Leonel Vallandro e Gerd Bornheim da versão inglesa de W.A. Pickard. São Paulo: Nova Cultural, 1987.
  7. (em italiano) Paralogismo . Por Guido Calogero. Enciclopedia Italiana (1935)]

Ver também

Ícone de esboço Este artigo sobre filosofia/um(a) filósofo(a) é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o .




Fonte


Data da informação: 21.09.2021 03:46:57 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença do texto: CC-BY-SA-3.0. Os autores e licenças das imagens individuais e dos media podem ser encontrados na legenda ou podem ser exibidos clicando na imagem.

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Nota importante Uma vez que o conteúdo dado foi adquirido por máquina da Wikipedia na altura indicada, um exame manual foi e não é possível. Portanto, WikiFox.org não garante a exactidão e a actualidade do conteúdo. Se entretanto as informações estiverem erradas ou se estiverem presentes erros na representação, pedimos-lhe que nos contacte: email.
Veja também: Impressão & Política de Privacidade.