WikiFox

Rosamaria Montibeller



Rosamaria Montibeller (Nova Trento, 9 de abril de 1994) é uma jogadora de voleibol brasileira de ascêndencia italiana, vice-campeã olímpica, que atua nas posições de oposto e ponteira.

Rosamaria Montibeller
vice-campeã olímpica
Voleibol
Nome completo Rosamaria Montibeller
Modalidade Voleibol indoor
Nascimento 9 de abril de 1994 (27 anos)
Nova Trento, SC
Nacionalidade brasileira
Compleição Peso: 74 kg Altura: 1,85 m
Clube AGIL Volley[1]
Medalhas
Competidora do Bandeira do Brasil Brasil
Jogos Olímpicos
Prata Tóquio 2020 Equipe
Liga das Nações
Prata Rimini 2021 Equipe
Grand Prix
Ouro Nanquim 2017 Equipe
Copa dos Campeões
Prata Japão 2017 Equipe
Montreux Volley Masters
Ouro Montreux 2017 Equipe
Jogos Pan-Americanos
Prata Toronto 2015 Equipe
Campeonato Sul-Americano
Ouro Cali 2017 Equipe
Ouro Barrancabermeja 2021 Equipe
Campeonato Mundial Sub-23
Ouro Âncara 2015 Equipe
Copa Pan-Americana Sub-23
Prata Callao 2012 Equipe
Campeonato Sul-Americano Sub-22
Ouro Popayán 2014 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Bronze Brno e Prostějov 2013 Equipe
Campeonato Sul-Americano Juvenil
Ouro Lima 2012 Equipe
Campeonato Sul-Americano Infantojuvenil
Ouro Lima 2010 Equipe
Competidora de Camponesa/Minas
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Ouro Belo Horizonte 2018 Equipe
Competidora do Dentil/Praia Clube
Campeonato Sul-Americano de Clubes
Prata Belo Horizonte 2019 Equipe

Índice


Biografia

Ela nasceu na cidade de Nova Trento em Santa Catarina, neta de um casal de italianos. Ela é fluente na língua inglesa, bem como tem um nível intermediário avançado na língua italiana. Fora ao vôlei, Rosamaria também tem forte gosto pessoal pela área da pintura e do artesanato. Enquanto estava no início da sua carreira no vôlei, fez alguns ensaios para uma possível carreira como modelo profissional, porém acabou desistindo dessa opção devido a timidez, e optou por se dedicar apenas ao voleibol.[2]


Carreira

Em 2003, aos nove anos de idade, ingressou no projeto de formação do Nova Trento/TIM[3] e esteve presente no elenco da Seleção Brasileira de Voleibol Feminino, no ano de 2010 disputou a edição do Campeonato Sul-Americano Infantojuvenil de 2010 sediado em Callao e conquistou a medalha de ouro.[4]

Em 2011 na posição de oposto disputou a edição do Campeonato Mundial Infantojuvenil realizado na cidade de Ancara finalizando na sexta colocação[5].

Em em 2012 disputou a edição do Campeonato Sul-Americano Juvenil e sagrou-se medalhista de ouro na edição e foi premiada com a melhor atacante da competição[6], foi a capitã do grupo também quando disputara a edição do Campeonato Mundial Juvenil nas cidades de Brno e Prostějov, vestindo novamente a camisa 9[7] e conquistou a medalha de bronze nesta edição[8][9] e representando o país na categoria Sub-22 disputou a edição do Campeonato Sul-Americano em Popayán e conquistou a medalha de ouro[10], também disputou a primeira edição da Copa Pan-Americana Sub-23 em 2012, sediado em Lima, oportunidade que conquistou a medalha de prata[11][12]. Na temporada 2013-14 defendeu as cores do Amil/Campinas[3].

Até a temporada 2014-15 esteve vinculada ao EC Pinheiros, transferindo-se para o Camponesa/Minas para atuar nas disputas do período esportivo de 2015-16[13] e conquistou o vice-campeonato na edição da Copa Brasil de 2017 em Campinas.[14]

Em 2017 recebeu convocação para a Seleção Brasileira, obteve as conquistas dos títulos do Montreux Volley Masters, do Grand Prix de Voleibol de 2017 em Nanquim e do o Campeonato Sul-Americano (sediado em Cáli), além de ganhar a medalha de prata no Copa dos Campeões de Voleibol Feminino de 2017, que foi realizado no Japão.[15][16][17]

O Camponesa/Minas anunciou a sua permanência para as competições correspondentes ao período esportivo de 2016-17, renovando para as disputas de 2017-18, conquistando a medalha de prata na Supercopa Brasil de 2017, o título do Campeonato Mineiro de 2017 e sagrou-se campeã da edição do Campeonato Sul-Americano de Clubes de Voleibol Feminino de 2018, e foi premiada como a primeira melhor ponteira da competição.[18][19][20][21]

Foi contratada pelo Dentil/Praia Clube para temporada 2018–19 do voleibol brasileiro e sagrou-se vice-campeã da edição do Campeonato Mineiro de 2018[22]; na sequência conquistou o título da Supercopa Brasileira de 2018[23] mais tarde disputou semifinal da edição do Campeonato Mundial de Clubes de 2018, realizada em Shaoxing[24], terminando na quarta colocação[25].

Pelo Dentil/Praia Clube conquistou o vice-campeonato da Copa Brasil de 2019 realizada em Gramado[26] e a medalha de prata no Campeonato Sul-Americano de Clubes de 2019 realizado novamente na cidade de Belo Horizonte e atuando pela equipe avançou a grande final da Superliga Brasileira 2018-19, atuando nos dois jogos da série final, mas terminou com o vice-campeonato.[27][28] Durante 2019, optou por se afastar da seleção, achando que não estava rendendo o esperado. Aceitou uma proposta do Perugia, recém-promovido à primeira divisão do Campeonato Italiano, e fechou a temporada como segunda melhor pontuadora. Mesmo em um novo clube, o Casalmaggiore, conseguiu repetir a estatística.[29]

Olimpíada de Tóquio

Em 2021, foi convocada para integrar como uma das "reservas" principais para Seleção Brasileira de Voleibol Feminino, durante os Jogos Olímpicos de Verão de Tóquio 2020. Na fase da quartas-de-final, contra a Seleção Russa de Voleibol Feminino, entrou no segundo set, quando o Brasil, já tendo perdido o primeiro set, estava atrás no placar (15-9) e liderou a virada (25-21) e eventual vitória por 3 sets a 1, marcando os mesmos 16 pontos da titular Carol Gattaz.[30][29] Para a semifinal com a Coreia do Sul, foi escolhida para ser a titular no lugar de Tandara Caixeta, que precisou ser afastada da competição com urgência devido a um problema com o exame antidoping. Teve boa atuação, ajudando o time que perdeu o primeiro a virar a semifinal contra a [31][32][33] Teve outra boa atuação para garantir a vaga na grande final contra a Seleção dos Estados Unidos de Voleibol Feminino.[34][35] Apesar de só ficar com a prata ao perder por 3-0 a final contra os Estados Unidos, foi considerada um destaque da campanha da medalha de prata.[36]


Títulos e resultados


Premiações individuais


Ligações externas


Referências

  1. https://www.olimpiadatododia.com.br/volei/328960-rosamaria-e-anunciada-como-novo-reforco-do-novara-da-italia/amp/
  2. Povo, O. (5 de agosto de 2021). «Rosamaria: quem é a jogadora de vôlei do Brasil que desistiu de ser modelo» . Olimpíadas. Consultado em 7 de agosto de 2021
  3. a b Sidney Silva (6 de fevereiro de 2015). «Rosamaria se consolida como uma das grandes estrelas do voleibol nacional» . O Município (em portugues). Consultado em 24 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 25 de fevereiro de 2018 !CS1 manut: Língua não reconhecida (link)
  4. CSV. «Campeonato Femenino de Menores: Brasil derrota Argentina y conquista el 14º titulo de la competición» (em espanhol). 29 de agosto de 2010. Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  5. CSV. «MUNDIAL DE MENORES FEMENINO: Brasil pierde frente a Alemania y finaliza en sexto lugar» (em espanhol). 21 de agosto de 2011. Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  6. a b CSV. «SUDAMERICANO JUVENIL FEMENINO: Brasil consigue su título N° 17 frente al anfitrión Perú y su décimo segundo oro consecutivo» (em espanhol). 23 de outubro de 2014. Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  7. FIVB-Federação Internacional de Voleibol. «FIVB Volleyball Women's U20 World Championship 2013-Czech Republic-TEAM COMPOSITION BRA / Brazil - Team Composition» (em inglês). Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  8. FIVB. «FIVB Volleyball Women's U20 World Championship 2013-Czech Republic- FINAL RANKING» (em inglês). Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  9. GloboEsporte.com (30 de junho de 2013). «Brasileiras batem italianas e levam o bronze no Mundial Juvenil de vôlei» . Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  10. CSV (25 de agosto de 2014). «SUDAMERICANO SUB 22: Brasil es campeón de la primera edición del torneo» (em espanhol). Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  11. Norceca (8 de setembro de 2012). «VOLLEYBALL-Match result-1st U-23 Women's Pan American Cup, Lima, Peru 2012-Finals (Places 1-2)» (PDF) (em inglês). Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  12. Norceca. «Dominicana gana el Oro en Copa Sub-23» (em inglês). Consultado em 24 de fevereiro de 2018
  13. Antônio Anderson (29 de julho de 2015). «Oposta Rosamaria visita o Minas para conhecer estrutura do novo clube» . O Tempo (em portugues). Consultado em 24 de fevereiro de 2018. Cópia arquivada em 25 de fevereiro de 2018 !CS1 manut: Língua não reconhecida (link)
  14. a b Gazeta Esportiva (28 de janeiro de 2017). «Rio de Janeiro vence Minas e é tricampeão da Copa do Brasil» (em portugues). Consultado em 24 de fevereiro de 2018 !CS1 manut: Língua não reconhecida (link)
  15. FIVB (6 de agosto de 2017). «BRAZIL SETS ALL TIME RECORD IN WORLD GRAND PRIX WINS» (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2017
  16. FIVB (11 de junho de 2017). «BRAZIL REIGN SUPREME AT MONTREUX MASTERS FOR SEVENTH TIME» (em inglês). Consultado em 6 de agosto de 2017
  17. CSV (19 de Agosto de 2017). «BRASIL SUMA SU 20º TÍTULO Y CLASIFICA AL MUNDIAL DE JAPÓN EN EL SUDAMERICANO DE CALI» (em espanhol)
  18. a b «Minas vence Rio e leva Sul-americano de clubes após 18 anos» . A evolução do poderoso Minas, campeão Sul-Americano de Clubes 2018. 25 de fevereiro de 2018. Consultado em 26 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 26 de fevereiro de 2018
  19. a b Crisneive Silveira; Juscelino Filho (14 de outubro de 2017). «No tie-break, Rio supera Minas e fatura o tri da Supercopa de vôlei» . Globoesporte.com. Grupo Globo. Consultado em 26 de fevereiro de 2018
  20. a b Minas não dá chances para o Praia e conquista o Mineiro feminino , O Tempo
  21. «Minas vence Rio e leva Sul-americano de clubes após 18 anos» . O Globo. 24 de fevereiro de 2018. Consultado em 24 de fevereiro de 2017. Cópia arquivada em 24 de fevereiro de 2018
  22. a b Rodrigo Gini (7 de novembro de 2018). «Minas Tênis supera o Praia Clube e fica com o título no Mineiro Adulto Feminino de Vôlei» . Hoje Em Dia. Consultado em 7 de novembro de 2018. Cópia arquivada em 7 de novembro de 2018
  23. a b Samuel Pinusa (11 de novembro de 2018). «Praia Clube vence Osasco e é o 1º campeão da Supercopa na era pós-Rio de Janeiro» . GloboEsporte.com. Consultado em 30 de dezembro de 2018
  24. Carolina Canossa (8 de dezembro de 2018). «Minas faz história e Praia Clube esbarra na força da nova geração turca» . Saída de Rede. Consultado em 9 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 9 de dezembro de 2018
  25. a b «Praia Clube fica com o quarto lugar no Mundial de vôlei feminino» . Diário Online. 9 de dezembro de 2018. Consultado em 30 de dezembro de 2018
  26. a b «Minas bate Praia Clube de virada e conquista título inédito da Copa Brasil» . GloboEsporte.com. 2 de fevereiro de 2019. Consultado em 23 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2019
  27. «O domínio é azul: Minas se impõe, bate o Praia Clube e é campeão da Superliga após 17 anos» . Globo Esporte. 26 de Abril de 2019. Consultado em 26 de Abril de 2019
  28. «Minas atropela o Praia, conquista o Sul-Americano e garante classificação para o Mundial» . GloboEsporte.com. 23 de fevereiro de 2019. Consultado em 23 de fevereiro de 2019. Cópia arquivada em 23 de fevereiro de 2019
  29. a b Destaque contra Rússia, Rosamaria viveu dilema e deixou seleção em 2019
  30. Após 'incendiar' jogo, Rosamaria comemora: 'Maior orgulho que posso ter'
  31. «Sem Tandara, Brasil enfrenta Coreia por vaga na final olímpica do vôlei» . R7.com. 6 de agosto de 2021. Consultado em 7 de agosto de 2021
  32. «Substituta de Tandara, Rosamaria comemora oportunidade e relembra final da Liga das Nações com os EUA: 'Ponto a ponto'» . O Globo. 6 de agosto de 2021. Consultado em 7 de agosto de 2021
  33. «Substituta de Tandara, Rosamaria brilha e põe Brasil na final do vôlei» . R7.com. 6 de agosto de 2021. Consultado em 7 de agosto de 2021
  34. «EUA atropelam a Sérvia e vão à final do vôlei feminino das Olimpíadas» . ge. Consultado em 7 de agosto de 2021
  35. «Brasil e EUA duelam pelo ouro olímpico no vôlei feminino pela 3ª vez» . ge. Consultado em 7 de agosto de 2021
  36. https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/noticia/2021/08/10/rosamaria-do-volei-desembarca-em-navegantes-apos-olimpiada-em-toquio.ghtml




Fonte


Data da informação: 21.09.2021 02:43:55 CEST

Fonte: Wikipedia (Autores [História])    Licença do texto: CC-BY-SA-3.0. Os autores e licenças das imagens individuais e dos media podem ser encontrados na legenda ou podem ser exibidos clicando na imagem.

Mudanças: Todas as imagens e a maioria dos elementos de design relacionados a essas foram removidos. Alguns ícones foram substituídos por FontAwesome-Icons. Alguns modelos foram removidos (como "o artigo precisa de expansão) ou atribuídos (como" notas de rodapé "). As classes CSS foram removidas ou harmonizadas.
Os links específicos da Wikipedia que não levam a um artigo ou categoria (como "Redlinks", "links para a página de edição", "links para portais") foram removidos. Todo link externo possui um FontAwesome-Icon adicional. Além de algumas pequenas mudanças de design, foram removidos os contêineres de mídia, mapas, caixas de navegação, versões faladas e microformatos geográficos.

Nota importante Uma vez que o conteúdo dado foi adquirido por máquina da Wikipedia na altura indicada, um exame manual foi e não é possível. Portanto, WikiAnt.org não garante a exactidão e a actualidade do conteúdo. Se entretanto as informações estiverem erradas ou se estiverem presentes erros na representação, pedimos-lhe que nos contacte: email.
Veja também: Impressão & Política de Privacidade.